Qual a diferença entre ‘dar bronca’ e dar feedback?

É comum o líder ser cobrado para dar feedback ou até mesmo ultimato para seu liderado com desempenho abaixo do esperado pela empresa.

No entanto, as razões pelas quais um profissional tem queda de produtividade, muitas vezes, podem ser confusas até para ele mesmo, o que dirá para o líder que precisa chamar sua atenção.

Por isso, aqui vão alguns pontos a serem observados antes de chamar seu colaborador para a ‘tal conversa’.

Baixa performance normalmente tem a ver com baixa expectativa, seja na vida pessoal ou profissional. O que significa que o problema pode estar na falta de perspectiva do funcionário diante do seu ‘futuro’ na empresa E/OU com relação a própria vida pessoal.

Tenha claro quais são as demandas que a empresa deseja e quais são as demandas que você, como líder, considera pertinentes. Feedbacks mal elaborados podem confundir ainda mais o funcionário e, muitas vezes, criar problemas ao invés de solucioná-los.

Há muitas técnicas e especulações de técnicas para abordar um colaborador com baixa performance. O recurso mais eficaz vai depender do histórico do funcionário, da cultura da empresa, do perfil de quem vai abordá-lo, etc. Muito cuidado ao seguir essa ou aquela técnica da qual ‘ouviu falar’.

Na dúvida de como agir, a regra de ouro é ouvir mais do que falar. Muitas vezes, se for um colaborador experiente, ele mesmo poderá dar uma solução na medida em que for explicando o problema.

2 comentários em “Qual a diferença entre ‘dar bronca’ e dar feedback?”

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *