Carreiras e suas fronteiras

Foto: Comunicação ACIPI

Recentemente participei de um evento na Associação Comercial de Piracicaba-SP com o tema “Carreiras e suas fronteiras”.

Certamente um dos eventos mais ricos e proveitosos que já participei. Juntamente com a Profa. Dra. Heliani Berlato, pudemos fazer um debate com uma platéia jovem e engajada sobre a importância de assumir o protagonismo da sua vida profissional.

Entre os pontos abordados no debate, dois valem a pena ser mencionados aqui com vocês. O primeiro refere-se a desmistificação do conceito de carreira como algo ‘inatingível’ e obrigatoriamente bem sucedido.  Segundo a Profa. Heliani “A carreira hoje está muito mais pautada nos meus interesses e na forma como  eu quero me colocar no mundo corporativo, entendo que tenho [preciso] do apoio da empresa, mas ela não é tudo”.

Foto: Comunicação ACIPI

Carreira é um tema muito recente no Brasil, começou a ser discutido por volta dos anos 2000, portanto é normal que ainda haja confusão e até um certo desconforto quando um profissional precisa desenvolver sua carreira. E aí entra o segundo ponto: protagonismo.

Sempre digo que quando fazemos gestão da nossa carreira também estamos fazendo gestão da nossa vida, dessa forma, quando tomamos as rédeas de uma, também estamos cuidando da outra. Por isso, assumir o controle da carreira significa planejamento a curto, médio e longo prazo. E planejamento significa reflexão e ação, nessa ordem.

Em alguns momentos da trajetória profissional, é importante refletir sobre dois aspectos: situação atual e situação desejada (ver post sobre o tema). Somente uma reflexão honesta sobre nós mesmos pode nos levar a ações estratégicas e com mais chance de sucesso. Quanto mais cedo for a consciência disso, mais sólida será a sua carreira.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *